CívelA averbação premonitória e a ordem de preferência de créditos

6 de junho de 20180
https://chebabi.com/wp-content/uploads/2021/07/foto_artigo_11012019-1280x1280.jpg

A averbação premonitória constante no artigo 828 do Código de Processo Civil é instituto de grande valia para os credores, pois visa dar efetividade à demanda executiva, além de buscar a segurança jurídica ao exequente e terceiros interessados em adquirir bens, sejam estes móveis ou imóveis.

Artigo 828. O exequente poderá obter certidão de que a execução foi admitida pelo juiz, com identificação das partes e do valor da causa, para fins de averbação no registro de imóveis, de veículos ou de outros bens sujeitos a penhora, arresto ou indisponibilidade.

 O intuito de referido instituto é o de dar publicidade acerca do inadimplemento do devedor, evitando, assim, a venda de seus bens a terceiros de boa-fé, pois com a averbação no registro de imóveis ou registro de veículos, o terceiro interessado em adquirir o bem terá ciência da dívida existente e a venda poderá caracterizar fraude a execução, o que tornará ineficaz eventual venda àquele que fez a averbação.

Para Wambier¹ ainda que a futura penhora não se realize, não se pode dizer que a averbação premonitória não alcançou sua finalidade precípua, qual seja, propiciar publicidade sobre a existência da execução e da concreta possibilidade do bem em análise vir a ser penhorado.

No entanto, a averbação premonitória não gera influência na ordem de preferência para recebimento de créditos, pois apenas a averbação da penhora terá o efeito de priorizar o pagamento do credor que averbou a penhora em primeiro lugar.

A jurisprudência é pacífica em admitir que apenas a averbação da penhora gera preferência no recebimento do crédito, pois nos termos do artigo 797 e 908, §2º do Código de Processo Civil, o direito de preferência entre credores de uma mesma classe se dá com base na anterioridade da penhora.

Nesse sentido recentes decisões do Tribunal de Justiça de São Paulo:

 

AGRAVO DE INSTRUMENTO. EXECUÇÃO. Preferência de créditos. Direito de preferência entre credores da mesma classe que é regido pela anterioridade da penhora (artigos 787 e 908, §2º do NCPC). Averbação premonitória que não tem o condão de alterá-la. Recurso desprovido. (Agravo de Instrumento 2224682-11.2017.8.26.0000; Relator: Vicentini Barroso; 15ª Câmara de Direito Privado; Data Julgamento: 30/01/2018).

EXECUÇÃO POR TÍTULO EXTRAJUDICIAL. PENHORA. Decisão reconhecendo a preferência da credora que primeiro penhorou o bem. Inconformismo sustentando a anterioridade da averbação acerca da distribuição da execução. Desacolhimento. O direito de preferência é orientado pela ordem das penhoras. Decisão mantida. Recurso improvido. (Agravo de Instrumento 2160366-23.2016.8.26.0000; Relator Mário de Oliveira. 19ª Câmara de Direito Privado, j. 06/03/2017).

 

Portanto, em que pese à importância da averbação premonitória para dar efetividade à demanda executiva e impedir eventual fraude a execução, somente a averbação da penhora possibilitará o recebimento do crédito em primeiro lugar, pois o direito de preferência é orientado pela ordem das penhoras.

Sendo assim, no caso de existirem várias penhoras sobre o mesmo bem, ainda que a averbação premonitória seja anterior, terá preferência no recebimento do crédito àquele que em primeiro lugar averbou a penhora na matrícula ou registro do bem.

 

Autor(a): Priscila Camillo Dias

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

CAMPINAS - SP

R. Conceição, 233, Cj. 102, 103, 109 ao 115, Centro - Campinas - SP - CEP 13010-050
(19) 3203-4744 | (19) 3237-3747

SÃO PAULO - SP

Av. Marquês de São Vicente, 446, Sl 1501/1502, Barra Funda - São Paulo - SP - CEP 01139-000
(11) 2548-3960

RIO DE JANEIRO - RJ

R. Evaristo da Veiga, 65, Torre 2, Sl 1501, Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20031-040
(21) 2184-6206

FLORIANÓPOLIS - SC

Av. Osvaldo Rodrigues Cabral, 1570, Centro - Florianópolis - SC - CEP 88015-710
(48) 3024-0011

Copyright © Izique Chebabi Advogados Associados 2021. Todos os direitos reservados.

Dados e cadastros respeitam o conteúdo da lei 13.709/2020 LGPD – POLÍTICA DE PRIVACIDADE – POLÍTICA DE COOKIES

Copyright © Izique Chebabi Advogados Associados 2021. Todos os direitos reservados.

Dados e cadastros respeitam o conteúdo da lei 13.709/2020 LGPD – POLÍTICA DE PRIVACIDADE – POLÍTICA DE COOKIES